terça-feira, 28 de novembro de 2017

Combustão

Anseio o toque,
combustão auto-suficiente,
cura demente,
penetração,
seio que procura a tua boca,
tortura da espera molhada,
noite ardida, perdida em nada.
Anseio o cheiro,
corpo que se perde e encontra,
espada que perfura,
estocada contra a parede,
crinas de cabelos enrolados nos dedos,
segredos gemidos ao ouvido,
tempo despido sem despedida,
noite ardida perdida em sonhos...
Anseio o meu nome,
sussurrado, gritado, mordido,
carne lasciva,
pele,
saliva,
língua,
 membro...
 Noite ardida perdida no tempo.