segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Cortes na sobrevivência, porque afinal é disto mesmo que se trata...

O governo quer, ou vai (caso não seja barrado uma vez mais, pelo Tribunal Constitucional), mexer nas pensões de sobrevivência das(os) viúvas(os), mas não de todos, só a partir de um certo valor, ainda não revelado... 
 (Ainda estão a decidir a partir de que quantia é que é aceitável eliminar os viúvos, ainda não foram consensuais se a partir de 180 euros já é imoral deixa-los sobreviver aos cônjuges, ou não...)