quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O berço do sonho...

O sonho começa em nós...
No breve momento em que os olhos se viram para dentro,
roubando um pigmento ao céu e imortalizando a alma...
No leve tocar do amor num ocaso de loucura,
quando, por mero acaso,
descobrimos que existimos além-dor e além-nós...
Na voz que se eleva no cume das vontades e se impõe!
No lume de todos os desejos que nem os beijos aliviam...
O sonho começa em nós!
Na nossa imortalidade
e na condição de sabermos que a vida não dura para sempre...
Na mão que se alcança e não se cansa de lutar por pertencer...
Na lágrima mordida que se guarda para derramar outro dia,
enquanto se agarra o agora e se soltam os braços!
Nos passos que ousamos e damos, mesmo descalços...
O sonho começa em nós...
Na aurora de cada principio,
no entardecer de cada acabar...
Num terço de fé de uma prece qualquer...
No ventre que nos faz mulher, nos faz começo e nos faz leito...
O sonho começa em nós,
nasce connosco, torna-nos o que somos...
Mas também esmorece
em pena e respeito pelo que não fomos...




Sem comentários: