domingo, 17 de outubro de 2010

Je creuserai la terre jusqu'apres ma mort pour couvrir ton corps d'or et de lumière...

1 comentário:

Porta-Sonhos disse...

Um poema magnifico
Uma grande canção
que me marcou de forma definitiva em tantos momentos.

Bem adequada também ao capitulo das "cinzas" que ilustra de forma perfeita, cuja narrativa tenho acompanhado com a certeza de que ler-te é sempre encanto.


Bjo.