sábado, 20 de fevereiro de 2010

Bi-polar? Tri-polar? Ou interpolar?

Embriaguei-me,
entre estrias de soluços
deitadas de bruços sobre os meus sonhos inacabados e tensos...
Os meus sonhos sempre foram intensos,
contudo breves...
Talvez a minha almofada se tenha cansado
de acordar ao meu lado e encontrar alguém q desconhece,
e soltado as penas leves pela penumbra do quarto
em acto de revolução,
recusando ser repouso de uma estranha todas as noites...
(tb eu gostava de saber com quem adormece...)
Hoje não a incomodo,
vou dormir para a sala da minha alma...
Ligar a tv, ver a tele-vendas de uma rotina empobrecida,
ter conversas aborrecidas com o tele-comando
enquanto a minha euforia de viver se acalma, devagar...
Porque não mando nesta minha impetuosidade?
Porque não a consigo cegar?
Furar os olhos à liberdade mordaz
que me faz tentar mudar o mundo?
Amanhã quando acordar, penso no assunto,
se o Eu q lá estiver concordar...

1 comentário:

Sibius disse...

Sublime é mero acaso para esse seu caminho...