quinta-feira, 26 de novembro de 2009

...

As historias de amor intemporais cantadas por poetas, dramaturgos, romancistas, são sempre as q terminam em tragédia...
Só se vive feliz para sempre nos contos infantis para, ao menos, enquanto somos pequeninos e doces, podermos acreditar que é possível...
O amor perfeito é como o pai Natal, faz-nos acreditar na magia e depois deixa-nos descobrir q essa magia tão verdadeira, só foi palpável dentro de nós...
P.S. Não me arrependo de ter acreditado tanto no pai Natal...

Sem comentários: